terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ataque ao Internet Explorer

O McAfee Labs alertou para o novo ataque, chamado Aurora, que explora vulnerabilidades do Internet Explorer e foi usado para invadir várias redes empresariais em todo o mundo. Os especialistas da companhia informaram a Microsoft sobre essa vulnerabilidade e a empresa publicou hoje um aviso reconhecendo a brecha de segurança e garantindo que enviará brevemente um pacote de correcção para os seus utilizadores.

Falhas detectadas:
• Internet Explorer 5.01 Service Pack 4 instalado em Microsoft Windows 2000 Service Pack 4
• Internet Explorer 6 Service Pack 1 instalado em Microsoft Windows 2000 Service Pack 4
• Internet Explorer 6 Service Pack 1 instalado em Microsoft Windows XP Service Pack 1
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows XP Service Pack 2
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows Server 2003
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows Server 2003 Service Pack 1
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows Server 2003 para sistemas baseados em Itanium
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows Server 2003 com Service Pack 1 para sistemas baseados em Itanium
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows Server 2003 x64 Edition
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows XP Professional x64 Edition
• Internet Explorer 5.5 Service Pack 2 instalado em Microsoft Windows Millennium Edition
• Internet Explorer 6 Service Pack 1 instalado em Microsoft Windows 98
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows 98 SE
• Internet Explorer 6 instalado em Microsoft Windows Millennium Edition
Os ataques que têm vindo a público referem-se apenas a vulnerabilidades do Internet Explorer, versão 6 (a versão mais recente é a 8). Com base numa rigorosa análise da situação, a Microsoft não tem conhecimento, até ao momento, de ataques bem sucedidos contra o Internet Explorer 7 e o Internet Explorer 8, a versão mais recente e a mais recomendada pela empresa. No entanto as autoridades da França e da Alemanha aconselharam os utilizadores desses países a deixar de utilizar o Internet Explorer e a recorrer a outro browser. A Microsoft emitiu já um comunicado a tranquilizar os seus utilizadores, pode ler a notícia aqui!

Endereços de outros browser
Firefox
Chrome
Safari
Opera
Konqueror
Flock

@protejainternet

Nenhum comentário:

Postar um comentário