terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Lixo electrónico é uma bomba relógio ambiental


A China, Índia, países africanos e a América Latina estão na lista das preocupações relacionadas com a acumulação de lixo electrónico sem tratamento. Um relatório das Nações Unidas alerta para o crescente volume de materiais não reciclados nestas zonas, avisando que esta situação aumenta os riscos e se está a tornar numa bomba relógio ambiental.
Segundo o relatório "Recycling from E-Waste to Resources", o volume de lixo electrónico está a crescer a um ritmo de 40 toneladas por ano e na próxima década tem que se somar aos desperdícios gerados pelos países desenvolvidos o excesso em países como a China e a Índia, onde as vendas de material electrónico vão disparar.
Ler notícia aqui!

@protejainternet

Nenhum comentário:

Postar um comentário