quinta-feira, 24 de junho de 2010

Miúda de 16 Anos Violada!


Aconteceu de novo, uma jovem de 16 anos, conheceu alguém através de uma rede social, no caso um jovem de 17 anos e acabou violada por um grupo de cinco rapazes com idades entre os 15 e os 18. Os violadores fora libertados porque a Juíza entendeu que são jovens demais par estar presos isto apesar de todos possuírem ao que parece antecedentes criminais.Consultar a notícia aqui!
Há quase uma década que um pequeno grupo de pessoas, no qual me incluo, não só estuda o problema da segurança da Internet, como alerta para os vários fenómenos que comprometem a segurança das pessoas em particular das crianças e adolescentes, que completamente sem regras usam a Internet.
Formação não existe! O município de Almeirim é a única entidade em Portugal que disponibiliza formação gratuita nesta área, apesar de não capitalizar da melhor forma esse know-how, mas pelo menos apresenta trabalho, o restante do país é um deserto neste aspecto. Ultimamente aparecem por aí uma série de “especialistas” a falar sobre o bullying, as mais das vezes nem sabem o que estão a dizer, limitam-se a papaguear uns artigos que tiraram da Intenet, como artigos deste blogue, que já foram usados algumas vezes por esses grandes especialistas.
Honra seja feita ao amigo Tito de Morais e ao seu portal Internet Miúdos Seguros na Net, um endereço a visitar de alguém que é um verdadeiro Especialista nesta temática e com quem tenho aprendido muito.
Fico sempre triste quando aparece um caso destes, sinto-me sobretudo impotente, incapaz de lutar contra a grande massa de incompetência e laxismo que grassa nas autoridades deste país, que grassa nesta sociedade onde vivo, sinto-me desalentado e descrente.
Uma palavra também para a Justiça de Portugal: é uma vergonha! Sinto-me enojado por ter nascido num país miserável destes.
Por último nunca é demais reforçar o alerta, que conhecer gente online, não é de todo seguro, marcar encontros com pessoas que apenas conhecemos online, deve ser um acto precedido de muitas precauções:
• Primeiro não o fazer.
• Se tiver de o fazer avisar sempre os pais e pedir autorização.
• Os pais devem acompanhar os filhos e ou filhas.
• Escolher um local público com muita gente.
• Nunca ir sozinha e ou sozinho.
• Nunca se deslocar para outras localidades.
• Gravar todos os contactos e informações sobre a pessoa que vai encontrar.
• Desconfiar sempre do que lhe dizem.

Deixo alguns links de outras ocorrências idênticas:
1
2
3

@protejainternet

Nenhum comentário:

Postar um comentário