terça-feira, 13 de julho de 2010

Vulnerabilidades de software duplicam no primeiro semestre de 2010!


Nos primeiros seis meses do ano o computador de um utilizador vulgar terá sido atingido, em média, por 380 vulnerabilidades. Em todo o ano passado os valores médios indicam que um utilizador tipo terá tido de lidar com cerca de 420 falhas de segurança, nos diversos programas que utiliza no seu PC.
Os números foram apurados pela Secunia, uma empresa que se dedica à segurança informática, a empresa defende que um utilizador com 50 programas instalados tem 3,5 vezes mais vulnerabilidades nos 24 programas de terceiros, que nos 26 programas associados ao fabricante do SO. Até final do ano este rácio deve aumentar para 4,4 vezes.
A questão é preocupante, tendo em conta que as correcções associadas ao fabricante do sistema operativo são entregues de numa vez, a partir de um mesmo ponto, enquanto as correcções para outros programas são entregues individualmente por cada um dos respectivos fabricantes, aumentando o número de operações necessárias e a complexidade do procedimento.
Ainda assim, um grupo de 10 fabricantes, onde se incluem nomes como a Microsoft, Apple, Oracle, IBM, Adobe e Cisco somam 38 por cento das vulnerabilidades detectadas a cada ano.
Na análise relativa a este ano a tabela de maior número de vulnerabilidades detectadas é liderada pela Apple, que deixa a Oracle em segundo lugar e a Microsoft em terceiro.

in,http://tek.sapo.pt/noticias/computadores/vulnerabilidades_de_software_quase_duplicam_n_1078033.html

@protejainternet

Nenhum comentário:

Postar um comentário