quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Segurança Online – O que os decisores políticos deveriam saber e não sabem!



A facilidade com que se acede à Internet, veio trazer ao mundo uma necessidade premente de instituir regras concretas no que concerne à utilização segura das redes e à gestão da informação, o mundo em que vivemos move-se à velocidade do nanosegundo, e as fraudes, burlas, esquemas maliciosos, riscos e ameaças que a utilização da Internet sem a devida percepção desses riscos, movem-se à mesma velocidade.

Este artigo, é um alerta para a necessidade urgente, de reformular esta questão e trazer à discussão que estratégias e que metodologias implementar para que a questão da segurança na Internet, comece a ser seriamente encarada pelos decisores políticos e que essa discussão seja passada a actos concretos que passam por criar desde cedo nas crianças uma consciência cívica e uma preocupação securitária sempre que utilizem os vários dispositivos, ferramentas e aplicações que o mundo informático hoje nos coloca ao dispor para nosso grande benefício.

Cabe aos decisores políticos a tarefa de construir edifícios legislativos e colocarem em prática métodos que confiram à população competências que lhes permitam fazer face ao crescente grau de ameaça, essas medidas passam indubitavelmente pela instituição de uma disciplina curricular a partir do 1º Ciclo do Ensino Básico, podendo inclusivamente no pré-escolar serem fomentadas actividades sobre o tema, disciplina que deverá acompanhar os alunos no seu percurso académico, estendo essa oferta formativa aos professores de todos os graus de ensino, bem como insistir na formação da sociedade como um todo, através de actividades de sensibilização e de formação.


Pode fazer o download através deste link: http://www.scribd.com/doc/73030409

@protejainternet

Nenhum comentário:

Postar um comentário